20/03/2021 às 16:22, Atualizado em 20/03/2021 às 16:28

Atendimento para o Cadastro Único é suspenso por conta da Covid-19

A Seas aproveita para orientar usuários dos Cras e Creas sobre o atendimento nas unidades

Cb image default
Foto: Karina Souza 

A Secretaria de Assistência Social (Seas), em cumprimento a Portaria MC 597 de 15/01/21 e MC 611 de 02/03/21, suspendeu os procedimentos operacionais e de gestão do Programa Bolsa Família e do Cadastro Único em decorrência da emergência e saúde pública de importância nacional, relacionada à Covid-19. Os atendimentos estarão suspensos até o dia 15 de abril, ou conforme novas orientações. 

A Seas aproveita para orientar usuários dos Cras e Creas sobre o atendimento nas unidades, que permanecem atendendo com escalonamento de técnicos, mas com o mesmo horário de atendimento das 7h às 11h e das 13h às 17h.

Aos usuários é solicitado para que somente um membro familiar procure o atendimento, evitando assim a aglomeração.

O atendimento à população de rua continuará sendo executado, na unidade do Creas, a busca ativa/abordagem será realizada em casos excepcionais.

De acordo com a avaliação técnica as visitas domiciliares também serão realizadas somente em casos excepcionais. 

Segundo a secretária, Aletânia Ramires Gomes, o distanciamento social, o uso dos equipamentos de segurança, é uma forma de demonstrar empatia e cuidado consigo e com o outro, além conter o avanço do Coronavírus.

“Sabemos que estamos passando por momento de dor e perdas irreparáveis, vamos nos unir em atitudes e preces para juntos saímos fortalecidos e mais resilientes diante de toda essa situação”, encerrou Aletânia.