10/06/2019 às 14:27, Atualizado em 10/06/2019 às 15:55

Greve geral: Escolas Municipais e CMEIs que aderirem manifesto do dia 14 deverão repor aulas

Confira a lista das unidades escolares que estarão aderindo e as que decidiram não paralisar

Cb image default
A Escola João Batista, na zona rural, está entre as unidades que decidiram pela adesão à greve, e não funcionará no dia 14, devendo repor o dia letivo em 29/06 (Foto/Arquivo: Rafael Brites) 

A Secretaria Municipal de Educação (Seme) divulgou nesta segunda-feira (10/06) que as Escolas Municipais e os Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) que aderirem à greve geral convocada em nível nacional para a sexta-feira (14) por diversos movimentos de categorias, deverão repor as aulas.

A secretária Alice Rosa Gomes confirmou que o dia 29 de junho (sábado) será letivo para compensar o dia de paralisação nos estabelecimentos de ensino que decidiram por acompanhar o movimento.

O Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino (Siprems), realizou assembleias com cada Escola Municipal e CMEI, ficando acordado que cada unidade decidiria por participar ou não da greve.

Decidiram por aderir à greve, e por isso não haverá aulas no dia 14/06

CMEI: Cantinho Feliz, Sonho de Criança, Lar da Criança.

Escola Municipal ou Extensão: Cacique Armando Gabriel, João Batista, Olinda Brito de Souza, Natália Morais de Oliveira, João Batista Figueiredo, Eldorado, Valério Carlos da Costa, Pedro Aleixo, Porfíria Lopes do Nascimento, Aide de Souza, Estância Belém.

Administrativos da Secretaria Municipal de Educação decidiram aderir, e por isso o órgão público fechará as portas na sexta-feira.

Decidiram não aderir à greve, e não precisarão repor aula

CMEI: João Lemes de Souza, Irmã Demétria Pedrosa, Michelle Maria Canejo, Inês Nunes dos Santos, Elza Alves Leme.

Escola Municipal ou Extensão: Leonida La Rosa Balbuena, Darcy Ribeiro, Ariano Suassuna, Domingos Alves Nantes, Monteiro Lobato, Marcelino José, Vista Alegre, Valinhos.