11/12/2017 às 14:32, Atualizado em 11/12/2017 às 14:50

Ministério da Saúde publica Portaria 3.345 que habilita a UPA de Sidrolândia

Cb image default

 A publicação da habilitação ocorreu na Edição 236 do Diário Oficial da União – DOU, dessa segunda-feira (11).

Com a habilitação o Ministério da Saúde, por intermédio do Fundo Nacional de Saúde, destinará recursos, no montante anual de R$ 1.200.000,00 (um milhão e duzentos mil reais), a serem destinados, em parcelas mensais de R$ 100.000,00 (cem mil reais), ao Fundo Municipal de Saúde para o custeio da Unidade.

Com essa habilitação o município também receberá, do Governo do Estado, valores mensais na ordem de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais).

Desde a abertura da UPA o custeio tem sido mantido somente com recursos próprios, com um custo mensal de cerca de R$ 300.000,00. Esse custeio irá desonerar a despesa da Secretaria Municipal de Saúde com a unidade, em cerca de 50%, mas só até o começo do funcionamento dos serviços de urgência e emergência, quando a despesa deverá aumentar significativamente.

A Secretaria Municipal de Saúde só aguarda a conclusão da obra do Governo Estadual, de prolongamento da Av. Antero Lemes da Silva, para implantar a urgência e emergência na UPA. Todos os procedimentos administrativos já foram tomados, bem como a equipe já recebeu treinamento, estando certificados junto a Escola de Saúde Pública do SUS, um trabalho da Secretaria de saúde do Município, que conseguiu priorizar a equipe de Sidrolândia para que recebesse o treinamento. “ Medidas de ajustes são tomadas para que o atendimento em saúde seja oferecido com qualidade, é uma preocupação constante do Prefeito Marcelo”, colocou Tatiane Nantes, Coordenadora de atenção básica em saúde do Município.

O Prefeito Marcelo Ascoli comemorou a habilitação da UPA, “sabemos que esses valores não são suficientes para custear o funcionamento da unidade, mas a sete meses o município banca os custos sozinho, esses recursos irão ajudar. Com a implantação da urgência e emergência nossa despesa com a UPA voltará a aumentar, estamos cientes disso, mas todo esforço é valido quando lidamos com a saúde das pessoas”.