12/05/2020 às 09:53, Atualizado em 12/05/2020 às 10:08

Prefeitura realiza reunião para tratar sobre as novas medidas de prevenção ao Coronavírus

Uma das medidas debatidas na reunião era fazer barreiras sanitárias em 3 pontos do município, mas de acordo com representante da PRF não é possível

Cb image default
Fotos: Rafael Brites

A Prefeitura de Sidrolândia, através da Secretaria de Saúde, realizou na tarde de segunda-feira (11/05), uma reunião com o comitê de enfrentamento do coronavírus, secretários, autoridades da Segurança Pública do município, Ministério Público e diretoria da unidade JBS do município, para tratar sobre algumas mudanças necessárias que serão implementadas em relação a prevenção e ao combate ao coronavírus.

Com o surgimento dos novos casos confirmados no município nos últimos dias, totalizando 4, sendo 1 curado, a Prefeitura irá implementar nos próximos dias, respeitando as orientações da saúde, novas medidas que deverão serem cumpridas pela população.

Durante a reunião foi discutido sobre realizar a barreira sanitária em três pontos, no posto da PRF, na saída de Maracaju e na saída para o distrito do Quebra Côco, a ideia era abordar os veículos nesses pontos, aferir a temperatura e fazer uma triagem, assim checando a situação dos motoristas e passageiros em relação a uma possível contaminação pelo novo coronavírus.

Mas de acordo com representante da PRF, Mauricio Pepino, não é possível nesse primeiro momento realizar essas barreiras, por conta das dificuldades da corporação e os impedimentos legais que envolve essa ação.

“Eu pontuei com os representantes da Prefeitura que não seria possível porque a gente tem essa noção de trabalho aqui na região e é humanamente impossível que a gente aborda todos os veículos, propus que seja feito um estudo de uma maneira de selecionar melhor os veículos que realmente ingressam ou que saiam da cidade, para que a gente não fique desperdiçando a mão de obra de quem trabalha nas barreiras, por exemplo um veículo que apenas transita pela BR 060 e que não vai parar, ele realmente não interfere na saúde pública da cidade”, explicou o representante.

Cb image default
Divulgação

Mauricio elogiou a iniciativa do prefeito e sugeriu que seja feita essa barreira sanitária de outra maneira.

“Parabéns para o prefeito que tem essa preocupação de defender a saúde da população de Sidrolândia, é importante essas iniciativas, e ele acolheu a minha sugestão para que seja feita essa barreira de uma maneira que seja mais pontual e mais efetiva e que aborde exatamente quem vem para entrar ou quem está saindo da cidade, porque são essas pessoas que realmente oferece risco para a população e para a saúde do município”, concluiu.

Outra medida abordada é em relação a Rodoviária, foi decido que será feito a desinfecção do local, controle sanitário do embarque e desembarque com o apoio das outras Secretarias. Nos cerealistas, postos de gasolina e empresas que recebem caminhões também será feito o controle sanitário. A desinfecção nas vias públicas será responsabilidade do Poder Público, mas nos estabelecimentos privados será de responsabilidade do proprietário.

O Ministério Público também participou da reunião, e a promotora Dra. Janeli Basso acompanhou e auxiliou nas tomadas de decisões.

“O Ministério Público está sempre presente no sentindo de estar acompanhando o que o gestor público tem feito no sentindo de emitir orientações e recomendações, o estado tem uma força tarefa que é estar buscando auxiliar o chefe do executivo em todas as tomadas de decisões no sentindo de acompanhar isso e como fiscal também da legislação para saber se está tudo de acordo, então foi importante para ouvir a opinião de cada setor que tem as suas necessidades para que então a decisão seja tomada de uma maneira que possa atender as necessidades da cidade e da população, esse é o nosso posicionamento, participar aqui para acompanhar a situação que está sendo efetivada na Gestão Pública”, explicou a promotora.

Cb image default
Divulgação

De acordo com o delegado Dr. Diego Dantas, nesse momento de anormalidade que o mundo está vivendo é importante a atuação em conjunto dos órgãos de segurança pública com o poder executivo municipal, para que sejam tomadas medidas para diminuir ao máximo a disseminação da doença no estado e principalmente em Sidrolândia.

“Essa reunião é importante tendo em vista o avanço do coronavírus pelas cidades do interior, cidades até próxima de Sidrolândia, então tem que ser repensada algumas medidas e se tornar mais rígido algumas determinações para evitar que o município também não passe a ter um aumento significativo de casos, então essa reunião demonstra importância da união de todos os poderes para que evite propagação do coronavírus, e em relação a Segurança Pública vai dar todo o apoio que o poder executivo municipal precisa para poder implementar todas as medidas do decreto”, encerrou o delegado.

O novo decreto será publicado amanhã (13/05), no Diário Oficial dos Municípios.